quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Quebrando paradigmas.

Como é difícil nos desvencilharmos de preconceitos e quebrar paradigmas...
A própria relação ‘homem x mulher’ é a prova mais cabal dessa assertiva. Em que pese toda a liberdade sexual pregada pelas sociedades modernas, as pessoas ainda não se tornaram tão “modernas” assim.

Afinal, pensamentos como “mulher certinha é pra namorar e mulher bisca é pra pegar”, “homem bonito tem medo de compromisso”, “homem que namora por mais de 5 anos e termina vai direto pra farra” [entre outras premissas do mesmo estilo] parecem estar incutidos na mente das pessoas que habitam o mundo contemporâneo. Na verdade, é óbvio que nenhuma delas precisa se concretizar: ora, é perfeitamente possível que uma bisca se case, que um homem bonito assuma um compromisso, e que um homem que namorou por mais de 5 anos e terminou tenha uma fase mais tranqüila e caseira.
O que ocorre é que, em nossas cabeças, já está tudo previamente articulado, como se sempre soubéssemos o que vai acontecer. E isso é obra da sociedade preconceituosa em que vivemos.

Eu, como qualquer ser humano normal, não estou isenta de pré-conceitos, mas tento ao máximo evitá-los.
Pena que isso às vezes seja tããão difícil.
.
.
*Tira de Chiquinha.
Obs: mesmo esquema. Clica na tira que ela aumenta.

5 comentários:

lucas disse...

fada, disse tudo!
assino em baixo.

Iara Alencar disse...

Lih querida, vc sumiu..

o dia que as pessoas ano se preocuparem com o que os outros fazem nos seremos melhores.

Segunda a Sexta disse...

Bom, quem não foi um pouco disso tudo aí (ou de pelo menos uns 3 desses), que me atire a primeira pedra!!!

Adorei a "tirona"! =]

Eu tava numas neuras de filosofia dos paradigmas de relacionamentos até ontem, quando conversei com um amigo 100% simplista que me fez olhar um pouco o "outro lado da moeda".

Não sei se funcionou, mas eu me sinto beeem melhor! ;)

Beijoooooo!

Márcia Regina Nunes disse...

Viver e deixar viver..
Ser e deixar ser...
A gente tem mais é que se tocar porque nesse mundo tem de tudo e tudo é digno de compaixão, no mínimo, tudo é digno de respeito. E vamo que vamo...
Saudade de tí garoooota!!!
bjk

Ana Paula disse...

Tô quebrando um paradigma!!! É difícil, mas vale a pena... Tô apaixonada! rs