quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

100.

Centésimo post.
Na verdade pensei em vários assuntos interessantes pra postar, mas nenhum me vem à mente agora.

Aliás...
Coisas interessantes não vêm à tona no momento, entretanto, há várias idéias inúteis que permeiam meu cérebro. Desta forma, exprimirei estas últimas.
Certo, vamos aos fatos.

Descobri que meu ambiente familiar se transformou num sanatório insuportável ultimamente, eu não estou agüentando a barra e quero me mudar para o Alaska. É só isso? Não, não é só isso.

Na verdade também descobri que talvez eu queira ser jornalista ao invés de ser advogada. E que todos os meus problemas se resolveriam com uma quantia de dinheiro suficiente para manter minha casa própria, meu carro, meus cães e uma Maria.
Assaltarei um banco? É um assunto a ser pensado.

Descobri ainda que sou uma fumante em potencial e que darei ótimos lucros às indústrias tabagistas.

Por último, descobri que não sei nada sobre mim mesma. E esse é meu centésimo post.
Enfim, bem-vindos ao meu mundo.
Tadã!

7 comentários:

Leonardo Curcino disse...

É claro!! Seria uma honra. Tambem passarei aqui mais vezes! E fico feliz por ter gostado.

So desejo que deixe de ser uma fumante em potencial.

beijo!

Mila disse...

Tirando a parte de ser jornalista/advogada, sua vida não anda muito diferente da minha.
rs

Espero que as coisas por aí mudem até o 200º post.

Bjs

Andre M disse...

1) Parabéns pela marca dos 100. É sempre algo a se comemorar!!

2) Fumante me potencial? Hmf, sai desta!! Quer comprar a própria casa, comece a economizar o dinheiro do cigarro (e, de bônus, a saúde)!

3) Não sabe nada sobre você? Vou lhe dar uma dica. Confira em:
http://about-lih.blogspot.com/2008/01/analisando-o-produto.html

Geminiana Doce disse...

Oi...Claro que pode linkar sim...
Nossa ultimamnete estou achando minha casa um sanatório também,rsrs.
Cursei direito por um tempo e depois larguei pois o qu eu amo é atuar...
Bjos e parabéns pelo centésimo post!!!

Segunda a Sexta disse...

Nem me fala em indústria tabagistas que me dá vontade de fumar.

Beijo!

Anônimo disse...

Quanta sensibilidade menina, li os três ultimos post seu. Que lindo, também acho lindo homem que chora. Acredito que devemos mudar todos os dias e acreditar no que desejamos sem que as pessoas(independentes do vínculo) interfiram em nossa vida. Se permita e seja feliz. Já disse que talento para ser jornalista você tem. Mas nem tudo são flores, se formar em jornalismo é encarar certas coisas inaceitáveis como informar as banalidades, futilezas... Muitas vezes você não escreve o que gosta e é obrigada a se vender em troca de grana... Conheço gente da area e trabalho na area. Mas encaro as minhas verdades heheh...Boa sorte e sucesso.

Valéria de Oliveira - valeartenaveia

««§εмф†ϊvф»» disse...

O mundo só começa a ter sentido, depois que nada mais faz sentido, depois que não nos encontramos e vemos que esta é uma busca medíocre. A partir de agora, vc vai entender melhor o que raiso está fazendo neste mundo. rsrs

Grande beijo

Ray