domingo, 19 de dezembro de 2010

Começo do fim

N’algumas vezes me pego começando pelo fim. Todo fim traz um novo começo, é verdade, mas sou do tipo que constantemente emenda um começo no fim do mesmo ‘algo’, como num eterno retorno. Sempre voltando ao mesmo ponto, sem saber arriscar, sem saber confiar no passado, presente ou futuro. Sempre dizendo “não sei, não sei...”

6 comentários:

Matheus N. disse...

e, sem saber, limitamos o paladar. 'depois do começo o que vier vai começar a ser o fim'. todo começo é fim, portanto. todo fim é começo. a questão é como começamos? quem terminamos? somos os mesmos?

não sei, não sei.

Leo Curcino disse...

em cada fim e em cada começo, é importante sempre tirar as coisas boas. Somos um pouco das magoas que vivemos, é verdade, mas estas são como calos nas mãos. Calos não impedem que nossas mãos desempenhem sua função. as mágoas devem ser assim. não da pra arrastar as magoas com a gente ate o final, nao podemos deixar que elas atrapalhem nossos movimentos.

um fim de uma coisa pode ser o começo da mesma coisa, de uma forma diferente. pode ser que seja melhor ainda. pode ser que valha a pena. vale a pena arriscar. sempre vale a pena arriscar.

fé!

Leonardo Filizolla disse...

O aprendizado é árduo, colega.
Mas vamos seguir confiantes, tô contigo nessa.

Claudinha disse...

Boa virada d ano, Lih! Acredito q um novo ano sempre traz o frescor e o ânimo necessário para um (re)começo. Espero te ver sempre bem!Bjoo

Leo Curcino disse...

=~

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=6tOQsswD4Tc