segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Untitled

Sabem qual é a pior doença da humanidade?

É a carência.

20 comentários:

Leticia disse...

Aaaamém.
Menina ontem mesmo comentei isso na conversa com uns amigos , o que uma pessoa carente não é capaz de fazer por uma atençãozinha?!

MamaNunes disse...

Num é que é messss...
Saudade gatinha.
beijos

Daniel disse...

Concordo em número, genero e grau. Tem texto meu no O Arroto. Bjus e boa semana.

http://so-pensando.blogspot.com

http://o-arrotoooo.blogspot.com

Anne disse...

Sei não, acho que escolho a mentira, a falsidade. Mas a carência tb é uma baita duma bosta (desculpe o termo). A gente fica bastante burra e extremamente menos seletiva qdo ela está em ação. Por isso q qdo ela aparece eu me tranco numa jaula, pra evitar cagadas q possam me fazer bater cabeça por meses...hahahaha

Espero q passe, lindinha!
Bjos

Harry disse...

A pior doença eu não diria tanto mas que é um mal que ao menos eu carrego comigo... Ah, isso sim eu posso afirmar e exaltar, contudo espero tu não sofra de tal mal.
Beijos Fada!

.carolina gaio disse...

é num, é ruim. Dói.
Mas há de ser superada.
com um bom a braça em alguém próximo.
Tipo sua vovó da Rufles.

Nem Li disse...

odeio gente carente.

Mr. Jairo Souza disse...

=(
alguem carente por aqui!
liga noum!
somos dois!
hauhauhau
bj

Toninho Moura disse...

É a fome!

Os dois tiras que são parceiros da Viatura 2112 voltaram com nova aventura.
CV e SR aguardam por você!
Braços!

psique disse...

Eu diria que é a indiferença.

disse...

Tô começando a enxergar isso também. Pena que não vão inventar um remédio pra isso tão cedo!

Claudinha disse...

É fooooda mesmo.. e o pior eh que ela geralmente acaba se "camuflando" e pode parecer outro sentimento mais nobre... Aff! Te cuida guria!! Bjs!

Andre Martin disse...

"Carença" rima com "Doência"?
Talvez seja que nem sorte com morte, amor e dor... rimas bestas (de coisas opostas), mas indissociáveis.

.carolina gaio disse...

Kd vc??

beijinhus

Autor: Techsmith 13 disse...

É só fazer umas maldades, que a carência passa.

Tipo um remédio, o problema é o vício.

mata.

Bj!

«« ڱemöґïvö »» disse...

Que bom que tem CURA . ;D
Abraço

Leonardo Curcino disse...

carencia tem cura! e eu conheço a cura! =x

minicontosperversos disse...

É. Sentir carência é ruim demais mesmo.

E nós que somos carentes compulsivos... Passamos pro maus bocados!

Camila disse...

Olá Line, de uma passada no meu blog que eu tenho uma brincadeirinha pra você!
Beijos

Leonardo Curcino disse...

sumiu?