segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Explode?

Na verdade, anda me faltando paciência.
Todo o empirismo da minha vida fez com que eu me tornasse essa Aline que hoje vos fala.
E ai! Ela tem a paciência curtíssima.

6 comentários:

réuri disse...

relax fairy, 'cause: A noble spirit embiggens the smallest man, or woman.

Jairo Souza disse...

É escrita requer paciência! a benção do ócio!

Andre Martin disse...

"Ó, Senhor! Dai-me paciência! Mas tem que ser JÁ!!!!"
Oras, bolas. Haja paciência!!! Paciência, fazer o quê?
Ah, o Windows costuma vir com um joguinho de paciência na seção de Entretenimentos, como acessório. E chama-se Solitaire... Se jogar bastante, mesmo que solitariamente, pode ser que não lhe falte mais paciência! rsrsrs
Ok, Oqueijo, sei que estou sendo infame, mas, paciência, fazer o quê, né? É uma fama infame dos infamosos! kkkkkk
Quer saber? [shut up] AND SMILE!!!

Viviane H. Laubé disse...

Paciência é uma palavra difícil pra mim :/. Adorei seu blog!

Leonardo Curcino disse...

fica sem paciencia nao, querida! :P
respira fundo e vamos seguindo! ^^

Paulo disse...

"Todo o empirismo da minha vida..."

Meu, tu devia ser jornalista.
E isso não é um elogio.


Pára com isso, garota.
Sai por aí, toma uma ceva e desencana porque a gente tá nessa vida pra se foder mesmo.

Se a vida é uma piada de deus (e olha que deus, segundo Nietzsche, nem existe). O melhor que a gente faz é rir junto.

Beijo!