terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Na rua, na chuva

E daí que a secretária do escritório resolveu se demitir do nada, sem cumprir aviso prévio.
Uêba, Aline sozinha no escritório dando conta de tudo, já que o outro estagiário está de férias ainda!
E ontem, na maior chuva torrencial de todos os tempos, sobra pra quem ir pegar processos no xerox há não-sei-quantas-quadras-do-escritório? Hein, hein?
Bingo.
Sobrou pra serviçal aqui.

E lá fui eu, de guarda-chuva básico, me protegendo dos 250 pingos por segundo que caíam em cima da minha cabeça, e o que é pior: aquelas poças fazendo splash splash, e ensopando todo o meu scarpin marrom de paetês! Imagina só, meu scarpin de paetês, chiquérrimo, sendo acabrunhado no meio das calçadas alagadas.
Nãããão, que cena horrííível. Sminf.

E o cabelo de chuva então? Parecia mais o Sonic andando na chuva do que propriamente eu, de tão arrepiado que ficou meu cabelo. Blé.

E só pra finalizar com chave de ouro: a minha gripe voltou depois de eu ter andado a tarde toda na chuva. E com direito a dor de cabeça e tudo.
Atchôôôôô.

Eu devo ter dançado flamenco na mesa da Santa Ceia, viu.

2 comentários:

Anne disse...

Minha querida, me deu vontade de chorar imaginando um sapato desse nessa situação...eu amo amo amo sapatos, ainda mais assim, lindos...rs

Tá feia a coisa pra vc, heim? Mas relaxa q logo o outro volta de férias e fica mais tranquilo...rs

Secretária determinada essa, heim??? Boa sorte aí no work! Bjitos

sieger disse...

caramba... q falta de sorte