sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Drops trágico

1. Minha avó foi internada com um problema na vesícula. Em tese ela deveria ter sido operada, mas, por ser de alto risco, o médico achou que ela não agüentaria a cirurgia [vovó é hipertensa, portadora de Alzheimer etc]. Agora minha velhinha tá lá, super mal e cheia das dores, e não há nada que se possa fazer.

2. Meu tio morreu ontem. Lá fui eu pro velório rever a parte da família que eu não via há pelo menos uns 6 meses [inclusive meu pai].

3. Meu pai passou mal bagarái e teve convulsões durante o enterro do meu tio.

4. Briguei com o namorado ontem [é, pra quem ainda não sabia: sim, estou namorando]. Como ele mora a uns 200 km da minha cidade, a coisa fica ainda mais trágica.
.
5. Minhas aulas começam na segunda-feira.

6. To sem um puto na carteira, mais dura que pau de tarado. Está deprimente viver dessa forma.

Enfim... ninguém merece tanta coisa ruim de uma vez só! Acontece que eu sou sempre ‘premiada’ nesses lances de maré de azar.
Pô... xô urucubaca, sai mandinga!
Eu, hein!

3 comentários:

Daniel disse...

1º) Tudo vai dar certo pra sua vó.
2º) Meus pesames
3º) Melhoras a seu pai
4º) Tenha paciência, todo o relacionamento a distância é difícil.
5º) Já se decidiu se continuará cursando Direito?
6º) Tente arrumar um emprego com a máxima urgência.

Momentos ruins todos nós temos e temos que saber lidar com tais situações. Bjus.

lih disse...

1. Tomara mesmo, Dani.
2. É a vida. ):
3. Obrigada, ele já está melhor agora.
4. É, por isso tem que valer a pena.
5. Tenho que continuar né... não posso abandonar agora no 4º ano.
6. Eu já faço estágio e ganho minha grana por mês... acontece que ela não é suficiente pra mim! Hahaha!

mesdre disse...

Calma. Tudo tem seu propósito e sua hora (ainda que a gente não concorde ou se revolte). Uma hora a coisa melhora. Uma hora tem que chover na nossa roça... essa coisa de ficar só capinando e plantando sem colher não dá, uma hora chove, acredite!