terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Inutilidades inúteis

Depois de dormir 6 horas ao regressar do dia-de-retorno-ao-estágio [é, meus 15 dias de férias se foram para todo o sempre], cá estou a pensar em coisas deveras produtivas.
Que coisas? Bem... vide abaixo um exemplo.

*Tira de Daniel Lafayette.
Clica que aumenta.

O.k., agora voltarei a dormir.

Obs: eu disse no post passado que a falta de inspiração havia me dominado no comecinho do ano?
Na verdade, não foi só no comecinho: obviamente, ela perdura até o presente instante.

6 comentários:

Andre M disse...

É, grande verdade:
"o SEMPRE dura até o instante seguinte, quando este se torna presente. Se, nesta transição, ele não durar mais, deixa de ser SEMPRE para se tornar DE VEZ EM QUANDO."

lucas disse...

hahahaha... sempre muito bom!!!
imagino quando voltar a inspirar-se então.
=D

Erika disse...

ei moça, que bom que voltou a postar.

achei muito comédia a tirinha.

e adorei a nova foto.

e nem se preocupe com a falta de inspiração; isso acontece muito com quem tem blog.

é isso, bjao!

Daniel disse...

Como diriam os Engenheiros do Hawai... "Ah vida real..." rsrsrs. Bjus.

sieger disse...

Hahahahahahaha
e viva a morte da Bezerra (que nao seja o Bezerra da Silva pq eu gostava dele... )
Beijooooos

Hipotenusa disse...

Olá moçoila!

Sou de psicologia... direito? tô fora!!!!

Beijocas!