sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Insegurança

A insegurança enseja muitas incertezas.
Quando não nos são oferecidas as garantias necessárias ao bom andamento de um relacionamento, uma espécie de receio paira no ar.

Nunca fui muito hábil em driblar inseguranças, mesmo quando não havia qualquer motivo para tê-las. Havendo motivos então, a situação fica obviamente pior. E eu não consigo ser nem tão moderninha e nem tão confiante a ponto de ignorar todas as minhas dúvidas num relacionamento e fingir que nada disso me abala. Por exemplo, ao meu modo de ver seria impensável ouvir de um namorado/ficante/peguete/beijante uma frase no estilo “Fulana tem uma bunda legal” e não ficar encanada. Ou, pior ainda, ouvir [como eu já ouvi] uma frase mais ou menos assim “tenho medo de precisar de alguém mais presente que você” [em virtude da distância].

Coisas como essas realmente me deixam desnorteada. Sou um etê, ou no estou tão errada em pensar assim? Por favor, dêem vossas opiniões antes que o ser que vos escreve enlouqueça...
.
.
*Tirinha dos Malvados.

8 comentários:

Segunda a Sexta disse...

Sem sombra de dúvida você é uma das pessoas mais autenticas que eu conheço.

E acredite, se alguém se ofender com esse jeito seu, vai se ofender com qualquer jeito.

Se é certo ou errado? Isso existe, é?

Beijão!

lucas disse...

Fada... tu realmente é a propaganda da adidas mesmo, caramba! mesmo que tivesse duas de ti não seriam tão boa como tu és.
e fique tranqüila... tu não é único etê que vive na terra, todos somos inseguros; ah e tu é única mesmo.

Erika disse...

Oi moça!

Calma, que você não é et. Acho que toda mulher se sente um pouco insegura nas relações amorosas, mas a minha teoria é de que aculpa é dos homens! Eles são insensíveis e desleixados, assim qualquer uma fica insegura!

Adorei a tirinha!

mari. disse...

Oi Lih, tudo bem?
Te vi no blog do Johnnatan e resolvi dar uma passandinha pra conhecer =]
Teu texto me chamou muito atenção, pois também sou como você. Também sou muito insegura e também não aceitaria escutar esse tipo de coisa que você falou de nenhum ficante/namorado. E pra piorar isso ainda é cauda de muita briga entre eu e meu namo =/
Diria que não sou a melhor pessoa pra te aconselhar xD
De qualquer forma espero que alguem possa te ajudar ;)
beijos querida e um ótimo restinho de sexta-feira pra você ;***

Júlio Melo disse...

Aquela segunda frase é complicada.
Eu acho que a insegurança é um pré e um pós estágio da segurança.
Só resta saber em que estágio voce está e se enquadra e quer chegar.

Daniel (O Arroto) disse...

Não sou a pessoa mais indicada para falar sobre o assunto, mas dentre as respostas dadas aqui, faço minhas as palavras do Júlio. Bjos e bom final de semana.

sieger disse...

Eu sou super inseguro tb... nao sei lidar com algumas coisas...
Eu vou te dizer o que nao te aconselho... procurar livros de auto-ajuda... eles são horriveis nesses momentos!
Beijos

david santos disse...

Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.

Aproveito para LHE pedir que participe na blogagem colectiva que se realiza amanhã, dia 17, em prol da menina Flávia