quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Mudança

Mudança. Caixas por todos os lados da casa. Um monte de tranqueira sendo jogada fora. Coisas que eu nem lembrava mais que existiam surgem diante dos meus olhos.

Arrumando hoje as coisas para a mudança de sexta-feira, me senti um tanto nostálgica. Achei cartas, bilhetinhos que eu trocava durante a aula com as amigas no colégio, fotos etc.
Sei que pode soar meio clichê, mas as nossas vidas realmente passam rápido demais... parece que foi ontem que eu freqüentava o colégio toda uniformizada, colava nas provas de química (eu sempre detestei química), passava cola nas provas de português (que eu adorava) e tinha dificuldades de relacionamento com as meninas, já que elas passavam o dia falando sobre moda, academia e sexo (acreditem, hoje em dia é tudo muito precoce).
Nessa época minha mãe ainda impunha horários para eu chegar em casa (normalmente até as 23:00), aliás, era sempre ela quem ia me buscar nos lugares.
Agora, bem ou mal, eu já sou uma motorista, não freqüento mais o colégio e sim a faculdade, e chego em casa a hora que eu quiser.

Quando me dei conta, já estava tudo nesse novo ritmo... e meus dias de adolescência ficaram pra trás em caráter definitivo. Nunca mais os terei.
E isso me traz muitas saudades...

13 comentários:

buno disse...

Hummmmm....
é bom relembrar esses momentos felizes nehhh.....

assim como eu sempre lembro vc na sua aulinha de axé!!!
=)

ebbbaaaa....mudanaçaaaa, cansa mais eh delicioso ter algo novo!

AMEI essa parte...."Agora, bem ou mal, eu já sou uma motorista...."

nhóóóóóóó
minha motorista lindaaaaa!
=)

to doido pra pegar uma carona com essa gatinha eim!!!!

meu eu te amo muito!!!
beijos minha linda
minha flor
minha pequena
minha fofa
minha motorista
minha ALINEEE

=*********************************

Erika disse...

Ahhhh mudança...
Guarda tudo direitinho pra não perder nada... pq em mudança alguma coisa sempre fica pra trás...
Bjos

Thiago disse...

É tão triste remexer nesse passado, achar coisas das quais vc deveria ter se livrado há tempos e muitas outras que vc deveria ter guardado menos para que vc as pudesse ver todos os dias de sua vida.
Coisas te lembram o melhor, outras o pior, mas sempre carregadas de emoção.
Último ano da faculdade, imagina a minha nostalgia atual, melhor eu nem falar mais nada...

AndreM disse...

Correu um boato por aí que sumi do seu blog??... Bem, só porque nem sempre comento não quer dizer que não visito... ;-)

Obrigado pela sua presença constante e seus comentários no meu blog! Você é muito bem vinda!

AndreM disse...

Mudança é sempre bom. Fugir da rotina, também.

Ser humano é que nem corvo: vai juntando um monte de tranqueira pensando que vai usar um dia. O tempo passa, e quando vai ver só acumulou um monte de lixo que serve no máximo para massagear a memória (quando se dá o trabalho de revirar as coisas).

Ah, se não fossem as mudanças que nos obrigam a reavaliar tudo isto!...

Sieger disse...

Nem me lembre...
Semana passada achei minha camisa dos jogos do ginásio...
Quase vou às lágrimas...

Júlio Melo disse...

É o tempo passando passando...

Segunda a Sexta disse...

Sempre que passo em frente à minha ex-escola eu quase choro. Sempre.

Mas eu não trocaria meu passado distante pelo passado próximo, ou vice-versa.

O jeito é viver o presente mesmo, né?

Beijo!

Lih disse...

Buno, que fofo... acho que mais mal do que bem né, aliás, vc já me presenciou dirigindo... uhauHUAHuhauh
é sempre muita adrenalina!

Erika, espero que eu não perca nada mesmo, ainda mais do jeito que sou super distráida, bem capaz de esquecer um monte de coisa...

Thiago, que lindo o que vc escreveu... quase um poema mesmo!

André, mas pode comentar sempre que passar por aqui, viu... eu adoro os comentários de todos vocês!

Sieger, eu joguei as minhas todas fora, infelizmente... de vez em quando me livro um pouco de coisas antigas assim mesmo...

Julio, e é muito rápido...

Daniel,eu choro por tudo! Passar na frente da minha ex-escola me faz relembrar fatos tristes, alegres, aqueles que davam frio na barriga... deixou muita saudade!

Anne disse...

Nossa, eu já me mudei tantas vezes nessa vida...é sempre uma bagunça, sempre chato, mas a gente encontra cada coisa guardada...kakaka. Tem mta tranqueira e mta coisa que é ótimo rever!
Bom, já saí da adolescencia faz um tempo e, apesar de ter sido um tempo bom, não sinto falta, pq adoro a minha independencia financeira, adoro morar sozinha, mandar na minha vida e ter um relacionamento mto melhor com minha família hj em dia. Enfim...adoro a evolução que tive e não voltaria mesmo que tivesse a chance...
Bjos e boa sorte em sua casa nova!

Daniel disse...

Como já diria Cazuza: O tempo não para.

Iara Alencar disse...

Oi querida
preciso fazer uma limpeza também lá em casa.
Isso porque eu moro num cubiculo, so num quartinho com banheiro e é uma bagunça.
Há dias que tento arrumar aquilo e nada!
Preguiça...

Iara Alencar disse...

Meu cantinho é bagunçado
mas eu me acho nele, toda vez que eu arrumo as coisas, depois eu não acho nada.
Será que a gente se acostuma com bagunça?